Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

O quanto gosto do Natal é proporcional ao quanto detesto o pós-Natal. Odeio o fim de festa. Os presentes são muito giros de receber, mas chatos de arrumar. E sobram os papeis de embrulho, e as sobremesas que já não podemos mais ver, e o peru a ressequir. E há um hiato cheio de dias que servem, para alguns, para esperar pelo fim de ano. Eu só espero pelo ano novo. Não gosto de fins (mesmo quando os meios os justificam!).


tags:

escrito por Joan@ às 12:22
dizer coisas | partilhar

contacto
joanabm@gmail.com
monstro's book
o chefe recomenda...
já moles...
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


acabados de fazer...

2012 - ainda posso submet...

Aniversários

balançar 2011

O medo é uma cena que me ...

"Férias são férias, aqui ...

O ano dos avós

Sobre o tradutor da TV7 D...

Tenho para mim que...

tags

todas as tags

subscrever feeds