Quarta-feira, 7 de Setembro de 2005
Parar numa operação stop é uma experiência única. Começa por aquela continência que fazem a espreitar para a nossa janela, e a partir daí tudo nos dá mais vontade de rir, sobretudo o ar sério que o senhor agente de autoridade deve treinar horas a fio em frente do espelho, bem como aquele suspense que faz ao ver os nossos documentos, como se estivesse a ler o último romance do Gabriel Garcia Marquez... E depois... tudo piora quando ele abre a boca e começa a usar o seu vocabulário made in escola da polícia: "se calhar vou ter que o autoar, e sabe que a coima é elevada para quem prevarica desta forma, não pode cometer estas transgressões na via pública senhor condutor!"... e quando achamos que vamos começar a rir dentro de.. dois segundos, ele faz pior e manda-nos saír do carro para lhe mostrarmos o colete e o triângulo! No primeiro caso, é inevitável esperar que ele pergunte se optámos pelo cor-de-rosinha (que veste muito bem) ou se preferimos os tons laranja nectarina (se bem que os menos "fashion" perguntam apenas se o colete está amolgado pela União Europeia... queriam dizer homologado - faltaram à aula da escola da polícia no capítulo Coletes Coloridos)... Quanto ao triângulo, ensino-vos um truque que faz com que todas as contra-ordenações sejam esquecidas no momento (só não vos digo quem inventou, sigilo profissional!) - saem do carro, abrem o porta bagagens (gosto sempre de explicar estes passos óbvios, para ninguém ficar para trás, quem sabe se temos agentes de autoridade a ler o blog), e perguntam com o vosso ar mais inocente (aquele que só usam em situações de emergência): "o triângulo é isto"? (com a caixa vermelha na mão)... A partir dessa pergunta ele vai acreditar em tudo o que lhe disseram, do género "o carro só não tem matrícula porque caiu há 50 metros, é que foi mesmo agora" ou mesmo "na carta o meu nome é João Gaspar e no BI Anabela Neto mas sou sempre eu, não há problema!"...

tags:

escrito por Joan@ às 03:31
dizer coisas | partilhar

1 comentário:
De Anónimo a 12 de Setembro de 2005 às 00:57
E o pior é que depois de se safar da multa por não trazer consigo a factura comprovativa da compra do selo...continuam a andar sem ela ;)
Sem falar na resposta, extremamente, delicada ao sr. agente, aquando a pergunta: "tem colete??" "sim sim ta ali.."lol
há pessoas que não existem :P eheheh
gui


Comentar post

contacto
joanabm@gmail.com
monstro's book
o chefe recomenda...
já moles...
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


acabados de fazer...

2012 - ainda posso submet...

Aniversários

balançar 2011

O medo é uma cena que me ...

"Férias são férias, aqui ...

O ano dos avós

Sobre o tradutor da TV7 D...

Tenho para mim que...

tags

todas as tags

subscrever feeds