Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

Costumo ser contra aquela ideia feita de que "as crianças já não sabem brincar", e que a culpa é dos "jogos de vídeo" (normalmente as pessoas que defendem o primeiro argumento não sabem dizer "consolas")... Talvez porque eu também não sou propriamente da época em que se brincava na rua. Não entendo o fascínio do pião, nem do berlinde abafador e sempre achei que jogar ao mata era uma estupidez inventada por masoquistas. Sempre achei que a televisão, a internet ou o microondas não interferiam minimamente na capacidade das crianças inventarem brincadeiras (pelo contrário, veja-se a célebre cena do cinema em que um Gremlin é derretido num microondas com grill e venham-me lá dizer se isso não é diversão). Bom, tudo isto para dizer que ontem à tarde tive de rever todas estas minhas certezas absolutas sobre o mundo em geral e as crianças em particular. No jardim de um restaurante dois miúdos de 6 ou 7 anos brincavam. A miúda é que ditava as regras (há coisas que nunca mudam, desde a era pré-histórica) e explicava o jogo do seguinte modo:

- Eu sou a casa e grito "casa à venda!" e tu és o avião e respondes "avião à venda!".

E iniciaram este diálogo gritado, que se repetiu durante mais tempo do que o razoável.

Admito, as crianças desta nova geração já não sabem brincar. Mas a culpa não é dos média. É dos pais, que devem ser agentes imobiliários.



escrito por Joan@ às 11:08
dizer coisas | comentários (1) | partilhar

Terça-feira, 11 de Maio de 2010

Agora que tenho um novo layout, simpaticamente produzido pela equipa dos blogues do SAPO, mais precisamente pelo Pedro Neves, senti-me na obrigação de dar uso ao blog para dizer qualquer coisa inteligente.

Não me ocorre nada. O aspecto muda, mas por dentro continua tudo na mesma.


tags:

escrito por Joan@ às 18:45
dizer coisas | comentários (4) | partilhar

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Hoje recebi o seguinte convite...

 

Maria (nome fictício, para protecção da pessoa em causa) invited you to "Benfica Campeão " on Sunday, May 9, 2010 at 11:00pm.

Event: Benfica Campeão
      "Comemoração do Titulo Nacional 2009/10"
What: Mixer
Start Time: Sunday, May 9, 2010 at 11:00pm
End Time: Monday, May 10, 2010 at 9:00am
Where: Marquês de Pombal

 

Meus amigos, isto começa a tomar proporções ridículas! (E não, não aproveitem o termo "proporção" para fazerem nova referência às goleadas. Eu até acho isso giro. Dá mais emoção aos jogos e recebem 3 pontos na mesma, com o dobro do cansaço).

Este convite só me faz lembrar aqueles nerds que arranjam, sem saber como nem porquê, uma namorada giríssima, e pensam para si: "Deixa-me cá marcar já o casamento para ela não me fugir. Com a boda marcada, padrinhos convidados, igreja reservada e menu escolhido, com porco em vinha de alhos e tudo, ela não me vai fazer a desfeita de acabar tudo comigo". Sugiro até que festejem já, que os campeonatos (sobretudo os vencidos pelo SLB) não são como os aniversários: não acontecem todos os anos, nem dá azar comemorar antes.



escrito por Joan@ às 08:34
dizer coisas | comentários (5) | partilhar

Sábado, 1 de Agosto de 2009

Os meteorologistas têm problemas em prever o tempo que fará no dia seguinte (a avaliar pelo que vejo aqui da janela, têm-nos e de que maneira, que ontem não vi em lado nenhum escrito ou dito que dia 1 de Dezembro teria lugar já em Agosto). Os videntes, mesmo os mais experientes, capazes de ler borras de café, têm algumas dificuldades em prever o que irá acontecer no ano seguinte. Normalmente jogam pelo seguro dizendo coisas como "Portugal continuará em crise" ou "o FC Porto será campeão". A maioria das pessoas queixa-se de não conseguir prever onde estará e o que fará daqui a dez anos (ou dez minutos, no caso de alguns amigos meus). Mas, para mim, a grande dificuldade de previsão coloca-se sobretudo ao nível do armazenamento de itens variados na chamada mala.

Como é que pode exigir-se a um ser humano que saiba o que é que lhe vai apetecer vestir no dia 5 de Agosto, daqui a tanto tempo, quando acordar? Depende de tantos factores! É por essas e por outras que acabo por levar o dobro do necessário, só para alargar o leque de escolha. Pedirem-me que leve apenas e só aquilo de que necessito seria o mesmo que me perguntarem o que me vai apetecer comer no dia 29 de Novembro ao almoço. Por acaso até sei. Frango com esparguete. Mas podia perfeitamente não saber.

 

E este dilema, que não chegou a acontecer mas podia perfeitamente ter acontecido, traumatizando-me quiçá para toda a vida, lembra-me um mítico vídeo d'Os Incorrigíveis, que "aqui vos deixo", como nos conselhos do Aleixo.





escrito por Joan@ às 12:09
dizer coisas | comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Ontem fiz uma pequena tentativa de suicídio/auto-mutilação (estou indecisa ainda na denominação, embora possam ser uma e a mesma coisa). Para não ir directa ao pescoço ou aos pulsos - que mesmo na hora da extrema violência evito os clichés - resovi começar pelo dedo indicador, decepando-o (para disfarçar, fingi que estava apenas a tentar cortar pão duro e ninguém desconfiou). O meu primeiro alívio (segundo, se contarmos com a água oxigenada) foi reparar que o dano se deu na mão esquerda, esse membro conhecido pela sua inutilidade na redacção de guiões e outro tipo de documentos.

Conclusão erradíssima. Na era da web 2.0 as facas são as mesmas e cortam tanto como no início do século, mas as canetas são cada vez mais obsoletas. Agora escrevo com quase todos os dedos das duas mãos (e anseio um dia fazê-lo também com os pés, como aqueles talentosos pintores deficientes que vendem quadros na época do Natal - sou menos talentosa mas igualmente persistente).

E dói-me muito o dedo esquerdo, responsável por um vasto lote de letras (toda a sequência QWERT e outras mais).

O meu suspiro, porém, não é de dor. É de saudade das canetas de tinta permanente. Da Parker. Coisas bonitas, com estojo, com classe, com tudo. Nada a ver com este matacão pouco elegante que dá pelo nome de teclado.



escrito por Joan@ às 07:47
dizer coisas | comentários (2) | partilhar

Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Será que nesses mails que envio para mim própria devia ser mais cordial e fazer pelo menos uma saudação ou uma despedida? Poderei porventura ofender-me comigo mesma?


tags:

escrito por Joan@ às 22:36
dizer coisas | comentários (2) | partilhar

Será que algum dia vou parar de me surpreender quando envio mails para mim própria? A minha memória dura cerca de meia fracção de segundo, porque acabo de carregar no "send" e fico num misto de entusiasmo e curiosidade por ver que a Caixa de Entrada regista mais um mail. Depois vem a desilusão, quando vejo que o remetente é uma tal de Joana Marques. É que ela nunca diz nada de surpreendente!


tags:

escrito por Joan@ às 22:33
dizer coisas | comentários (2) | partilhar

Sábado, 9 de Maio de 2009

Ontem um pequeno acidente envolvendo um joelho, por acaso meu, e uma microscópica ferida, por acaso minha, debaixo dumas calças que, adivinhem, trazia vestidas, levou-me a fazer uma pesquisa no Google que é com certeza habitual da parte dos homicidas e outros meliantes em fase de início de carreira. As palavras chave eram: "como limpar nódoas de sangue?". Agora que as mencionei aqui, tenho a certeza que chegarão a este blog muitos dos que procuram saber a verdade. Meus amigos, sejam bem-vindos, não me interessa se assassinaram alguém ou se se cortaram a descascar cenouras, todos serão tratados de igual modo. Quanto à resposta que anseiam saber, o Google ensinou-me coisas parvas, como usar leite frio - que só faria as minhas calças ficarem mais imundas - e coisas básicas, como usar água quente. Façam as vossas escolhas e eliminem todas as provas.

 



escrito por Joan@ às 16:31
dizer coisas | comentários (1) | partilhar

Sábado, 11 de Abril de 2009

Há quem diga que é o cão. Vejo-me forçada a discordar. O melhor amigo do Homem, pelo menos do homem alfabetizado (e com propensão a alfabetizar-se mais) é o Priberam! A minha vénia para ele.



escrito por Joan@ às 17:40
dizer coisas | comentários (1) | partilhar

Sábado, 17 de Janeiro de 2009

Eram quatro da tarde.

 

Estava no MSN.

Estava no hi5.

Estava no Facebook.

Estava no Orkut.

Estava no Bebo.

Estava no Gmail.

Estava no WAYN.

Estava no Twitter.

Estava no Flickr.

Estava no Blogger.

Estava no Youtube.

Estava no Skype.

Estava no uTorrent.

Estava no LinkedIn.

 

Eram quatro da tarde e estava sozinho.


tags:

escrito por Joan@ às 15:49
dizer coisas | comentários (2) | partilhar


contacto
joanabm@gmail.com
monstro's book
o chefe recomenda...
já moles...
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


acabados de fazer...

Casa à venda

O meu blog pôs botox

Alguém Pára o Benfica?

Não sei o que vestiste no...

Acidentes domésticos na e...

Dúvida #2

Dúvida #1

Sangue

tags

todas as tags

subscrever feeds