Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Monstro Bolero

Monstro Bolero

03
Fev11

É preciso ser estúpido...

Joan@

Há quem ache completamente irracional que haja quem acredite em Deus. Eu acho que é muito mais irracional acreditar em Maicon. Ou Sereno. Ou Sapunaru. E o exemplo não é válido apenas para estes tropeços. É igualmente irracional acreditar em Hulk, ou em Cristiano Ronaldo ou em Messi. A irracionalidade não varia em função da força ou da técnica. Compreendo melhor que haja quem acredite num homem de barba e túnica que habita algures no Universo e que só fala com a Alexandra Solnado, do que alguém que depoiste a sua fé em onze jogadores depilados e tatuados. Porque a ironia suprema é que, mesmo nos dias em que se perde cinco a zero (não estou a ver a quem possa ter sucedido, ultimamente), os adeptos ficam a remoer a derrota nos seus Opel Corsa de 94, no pára-arranca da IC19 e os jogadores escolhem uma de três hipóteses para se consolarem daquela ligeira contrariedade: a) comprar um Porsche, b) comprar um Ferrari, c) comprar um Lamborghini. Não faz sentido depositarmos as nossas esperanças num bando de gente cujos dias se resumem a "trabalho de ginásio, trabalho com bola, trabalho condicionado" (se lessemos isto fora de contexto nem sabíamos se se tratava dum atleta ou dum caniche daqueles que treinam para provas de agilidade). Sinto que o desporto rei não me merece! Não me pagam para tanto sofrimento e aumento do risco de sofrer dum problema cardíaco precoce. Um destes dias vou ser internada por causa dum fora-de-jogo mal assinalado. E com a minha sorte, quando estiver hospitalizada, vou apanhar uma daquelas acções de solidariedade em que um qualquer Fábio Coentrão visita acamados, para demonstrar que os futebolistas podem não ter cérebro mas têm coração! Claro que os adeptos acreditam também que esse coração tem uma só cor. Os sportinguistas acreditam piamente que o Liedson vai continuar a ver jogos da liga portuguesa e a fazer claque por Saleiro, os benfiquistas acham que David Luiz fez toda a viagem até Inglaterra a tentar estancar as lágrimas com a sua gadelha, tal era já a saudade de Jesus e do Barbas. Estas leis são válidas para qualquer pessoa, de qualquer clube, só muda a cor do filtro. Para mim, tudo o que é azul fica melhor. João Moutinho ficou subitamente mais bonito. De certos ângulos é até alto e espadaúdo. Não há lugar para a analise rigorosa no futebol. Há um acordo tácito entre adeptos e protagonistas: para que fiquemos todos em igualdade de circunstâncias, aceitamos deixar o cérebro à porta do estádio. Ao ligar a SportTV, depositamos o nosso cortex cerebral ao lado da box e só o levantamos ao fim de 90 minutos. Ainda assim há quem tente "racionalizar o fenómeno desportivo" (é assim que eles falam) criando novos sinónimos para ridículo: "Rui Santos" ou "Luís Freitas Lobo".

Claro que no final de Maio, ao ver a faixa de campeão, vou ser como as pessoas que se reconciliam com a fé. Perante o milagre da vizinha do 3º esquerdo que voltou a andar contra todas as previsões médicas, bastando o pároco da freguesia tocar-lhe no joelho, a dona Alcina esquece a doença terrível que levou o seu marido e a fez zangar com Deus, e volta a ir à missa e a comungar. Perante o próximo golo de calcanhar do Falcao, eu voltarei a ser feliz, feliz como só os irracionais conseguem ser. E vou insultar aqueles irracionais que estão a dizer que o Benfica é que devia ter ganho o campeonato. É preciso ser estúpido...

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

contacto

joanabm@gmail.com

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2005
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2004
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D